The Jambo FMX

Ricky Monti

The Jambo FMX, o evento em Bolonha renovou freestyle motocross como espetculo.

Competição, espetáculo e história. Tudo combinado, ao longo de três dias, em Bolonha, Itália. Atributos do freestyle motocross no The Jambo Urban Summer Festival, evento que uniu esportes de ação e música, realizado entre 14 e 16 de junho. Sob a tutela de Alvaro Dal Farra, o FMX, principal atração entre os esportes, tinha objetivo bem definido: diversão. Para pilotos e público.

O The Jambo reuniu pilotos como André Villa, Matt Buyten, Josh Sheehan, Clinton Moore, Jeremy Rouanet, Jose Miralles e Petr Pilat. Ao lado destes estrangeiros, a equipe italiana Da Boot. Total, 21 freestylers, mais dois pilotos de quadriciclo, e até um snowmobile, curiosamente saltando nos escaldantes 40 graus de Bolonha.

Cinco atrações formaram o FMX no The Jambo: as competições Best Whip, por Equipes e Best Whip, além dos shows de saltos sincronizados e o inédito FMX Evolution.

Cristopher Breda

The Jambo FMX, o evento em Bolonha renovou freestyle motocross como espetculo.

No Best Whip André Villa venceu, seguido por Josh Sheehan e Massimo Bianconcini. Nas Equipes, o International All Star Team (Villa, Sheehan, Buyten e Moore) terminou em primeiro, com o European Legend Team (Miralles, Rouanet, Bianconcini e Pilat) em segundo.

O double backflip rendeu vitória a Josh Sheehan no Best Trick. Clinton Moore, executando o Volt, e Petr Pilat, o tandem backflip (levando passageiro na moto), terminaram respectivamente em segundo e terceiro.

O inédito FMX Evolution apresentou uma jornada pela trajetória do freestyle motocross. No início da apresentação, as antigas manobras do esporte, passando pelos backflips, até a era atual dos body varials e 360.

"O objetivo era que os pilotos se divertissem saltando, e o público assistisse algo jamais visto. Havia competição, mas ainda assim era divertido. E se você comparar, é diferente de qualquer outro evento mundo afora", explicou Dal Farra.

The Jambo FMX